CUSTOM CSS
AlsoBuyMinicart Settings 2

Coenzima Q10: benefícios para o cérebro com a neuroproteção

Mulher com cara pensativa com um lápis na bochecha.

A saúde cerebral é imprescindível para a qualidade de vida e bem-estar. No entanto, à medida que envelhecemos, é preciso buscar formas de promover a saúde do cérebro e protegê-lo de doenças neurodegenerativas. Neste texto, vamos falar sobre Coenzima Q10: benefícios para o cérebro.

A neuroproteção ocorre quando se usam mecanismos e estratégias para proteger os neurônios contra danos e enfermidades que afetam o sistema nervoso, como doenças neurodegenerativas, isquemia cerebral e derrames. 

Nesse contexto, a coenzima Q10 (CoQ10) surge como uma substância promissora para a saúde do cérebro, pois se trata de um composto naturalmente presente no corpo humano que atua na produção de energia nas mitocôndrias das células, sendo um potente antioxidante. 

O que é a Coenzima Q10 e como ela funciona no corpo

A Coenzima Q10, também conhecida como ubiquinona, é uma substância lipossolúvel naturalmente presente em nossas células, sendo responsável por neutralizar radicais livres e proteger as células do estresse oxidativo, um processo que pode causar danos ao cérebro e contribuir para o envelhecimento e doenças neurodegenerativas.

A CoQ10 está presente em praticamente todos os nossos tecidos e órgãos, já que a maioria das funções celulares depende de um suprimento de ATP.

Além de sua ação antioxidante direta, a CoQ10 consegue regenerar outros antioxidantes, como a vitamina E, o que amplifica ainda mais sua capacidade de combater os radicais livres e proteger as células cerebrais.

Como a síntese de CoQ10 diminui com a idade e a quantidade nos alimentos é muito pouca, com o tempo, a falta de CoQ10 causa estresse oxidativo e disfunção mitocondrial, o que está relacionado ao aparecimento de diversas doenças, inclusive as neurodegenerativas.

A relação entre a Coenzima Q10 e a saúde cerebral

Mulher loira lendo livro de capa azul.
A CoQ10 atua como antioxidante também para os neurônios, tendo muitos benefícios no que diz respeito à prevenção de doenças neurodegenerativas.

As doenças neurodegenerativas se caracterizam pela disfunção e/ou perda progressiva de neurônios, que são as células responsáveis pelo funcionamento do sistema nervoso. Essas doenças causam alterações na atividade cerebral e podem até culminar na morte.

Entre as doenças degenerativas do sistema nervoso, destacam-se: doença de Alzheimer, doença de Parkinson e a Esclerose Lateral Amiotrófica.

O estresse oxidativo é um fator crucial no desenvolvimento de doenças neurodegenerativas. Estudos mostram que há uma relação entre a redução nos níveis de CoQ10 com o desenvolvimento dessas doenças.

A capacidade da CoQ10 de atravessar a barreira hematoencefálica é um aspecto importante para sua eficácia na proteção cerebral. Ao alcançar o cérebro, a CoQ10 atua na neutralização de radicais livres, diminuindo o estresse oxidativo e protegendo as células cerebrais de danos.

Coenzima Q10 benefícios para o cérebro

A Coenzima Q10 oferece diversos benefícios para a saúde do cérebro e a neuroproteção como, por exemplo:

Melhora da função mitocondrial

As mitocôndrias são as principais produtoras de energia nas células cerebrais. A CoQ10 é primordial para a função mitocondrial, garantindo, assim, um suprimento adequado de energia para o cérebro. 

Dessa forma, ao melhorar a função mitocondrial, a CoQ10 ajuda a proteger as células cerebrais contra danos e melhora seu desempenho.

Redução da inflamação neurogênica

A inflamação neurogênica é um processo inflamatório que ocorre no sistema nervoso em resposta a estímulos ou lesões. É chamada de “neurogênica” porque envolve a ativação de neurônios e a liberação de substâncias inflamatórias por eles.

Esta inflamação é tida como um fator-chave em muitas doenças cerebrais, incluindo a doença de Alzheimer. 

A CoQ10 possui propriedades anti-inflamatórias que atuam na redução da inflamação neurogênica, diminuindo, portanto, o risco de desenvolvimento e progressão dessas doenças. Isso ocorre porque a CoQ10 inibe a ativação de vias inflamatórias e reduz a produção de substâncias inflamatórias no cérebro.

Melhora da função cognitiva e memória

Homem montando quebra-cabeça para ilustrar tópico sobre função cognitiva.
Um dos principais benefícios do CoQ10 está relacionado à função cognitiva.

A saúde cerebral está ligada diretamente à função cognitiva e à memória. Estudos demonstram que a suplementação com CoQ10 pode melhorar a função cognitiva, incluindo a atenção, o processamento de informações e a velocidade de pensamento. Além disso, a CoQ10 tem sido associada a melhorias na memória, tanto em indivíduos saudáveis quanto em pacientes com doenças neurodegenerativas.

Proteção contra danos oxidativos

O estresse oxidativo incide no envelhecimento cerebral e no desenvolvimento de doenças neurodegenerativas. A capacidade antioxidante da CoQ10 atua na neutralização dos radicais livres, prevenindo danos oxidativos nas células cerebrais. 

Isso resulta em uma proteção adicional a degeneração neuronal.

Suplementação da Coenzima Q10 

Cuidar da saúde cerebral é essencial para uma vida plena e saudável. Com seus benefícios na neuroproteção, a Coenzima Q10 se destaca como uma opção natural e promissora para melhorar a saúde do cérebro e preservar a função cognitiva.

Embora seja possível obter CoQ10 a partir da alimentação, a quantidade presente nos alimentos é considerada muito baixa. Fatores como a idade e doenças crônicas também interferem na absorção desta coenzima.

A suplementação costuma ser uma opção viável nesses casos. Em caso de suplementação oral, a absorção de CoQ10 é aumentada quando administrada simultaneamente à ingestão de alimentos ricos em lipídios (gordura), já que esta coenzima possui estrutura lipofílica. Contudo, é essencial buscar a orientação de um médico ou nutricionista, que irá avaliar suas necessidades individuais e indicar a dosagem adequada da suplementação.

Leia também: Pode tomar coenzima q10 com complexo B?

CoQ10 + Complexo B da Vitamine-se

CoQ10 + Complexo B

Coenzima Q10, também conhecida como Ubiquinona, é uma pequena molécula lipofílica que participa de diversas funções essenciais no organismo. Porém, esse nutriente diminui relativamente com o passar da idade. Estudos mostram a relação entre os baixos níveis de Coenzima Q10 e possíveis sintomas como a fadiga muscular e energética, ou seja, ajudam a melhorar a performance.

A fórmula da Vitamine-se possui nutrientes que contribuem na geração de energia, além de auxiliar na metabolização de proteínas, carboidratos e gorduras.